Image Map

Press

22. "Não é pesado. Eu sou mais forte do que pareço. "

`

   Peso é uma questão de opinião. É uma questão de comparar, de questionar quem segura e qual sua vontade de aguentar. Peso é uma questão de importância.
   Quando eu tinha cinco anos, tomava banho sozinha. Eu lembro de me olhar no registro do chuveiro e considerar um espelho. Algumas vezes ele era só um microfone alto demais para alcançar. Quando eu tinha doze, assinava a prova com nota vermelha enquanto chorava, sendo a aluna que mais se cobrava na escola inteira. Quando eu tinha quinze, comecei a morar sozinha. Cozinhar e manter a casa limpa foi uma tarefa que eu achei que seria mais complicada, mas consegui me virar da melhor maneira possível. Quando eu tinha dezesseis, morei fora do país por um ano. Sem meus pais ou qualquer outro conhecido. Quando eu tinha dezoito, dormi sozinha na noite anterior ao primeiro dia de faculdade. Quando meu estágio começou, semanas atrás e eu não pude chegar em casa e contar para alguém sobre meu dia enquanto jantávamos, eu tinha peso. Muito peso. 
   Atualmente eu vivo em um eterno "não é pesado. Eu sou mais forte do que pareço" porque eu me criei assim. Não culpo meus pais, o trabalho ou o dinheiro e tampouco gostaria que tivesse sido diferente. Não culpo ninguém porque é meu peso, minha opinião, minha comparação com o peso dos outro. Não culpo, só questiono como seria diferente se eu fosse outra pessoa e tivesse feito escolhas diferentes.
   De qualquer forma, eu posso carregar dias com somente uma refeição, poucas horas de sono e uma saudade que tranca na garganta e outra salgada que escorre pelos olhos de vez em quando. Eu sou mais forte do que pareço. Não é pesado. Ainda sim, escrevo isso para avisar que eu aceito alguém que queira passar a esponja nas minhas costas cansadas durante o banho. Eu aceito que alguém assine a prova pra mim e diga que eu dei meu melhor, assim como aceitaria uma companhia para acordar todos os dias. Eu gostaria de companhia para viajar para o exterior e alguém parar rir dos meus casos de "não vou levantar para ir até o banheiro porque meus colegas de trabalho podem me julgar". Eu aceito.
   Não é pesado. Eu sou mais forte do que pareço. Mas compartilhar o peso não seria nada mal.
13

13 comentários:

  1. Ahhhh cara, que texto maravilhoso! É exatamente isso. A gente tenta comparar quem é mais forte, mas tudo depende da pessoa, da história dela. Talvez o que pesa muito pra mim, não pese tanto assim pra ti ou vice-versa, né? Essa é a famosa capacidade de lembrar que nem todo mundo é igual a gente e nem todo mundo pode aguentar o que a gente aguenta. Como sempre, amei o texto!
    Um beijão,
    Gabs do likegabs.blogspot.com ♥

    ResponderExcluir
  2. Adorei o peso, mas todos temos um!
    Compartilhar o pesso com outra pessoa não te torna mais "leve", porque o outro tbm tem seus pesos. E isso que é legal! É dividir somando!
    Você acha que seu peso pode ser pesado demais, até sentir na pele o peso do outro, você tira forças de onde nem imagina pra suportar isso junto!
    Quem sabe em breve vc encontre alguém pahttp://thaydreams.blogspot.com.brra dividir os pesos e somar as forças. Mas, não se cobre tanto! Vai de você ser leve ou pesado! <3
    Bjos!
    http://thaydreams.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bianca.
    Que texto maravilhoso moça, realmente cada um sabe de si, somos nós que sabemos o quanto peso podemos suportar.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  4. Bela reflexão. Nós sempre somos mais fortes do que pensamos, mas ás vezes temos que largar um pouco desse peso no chão pra retomar o fôlego e não tem problema nisso.
    "Não é pesado. Eu sou mais forte do que pareço. Mas compartilhar o peso não seria nada mal." também estou nessa fase...
    :(

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Cada um tem seu peso e precisa aprender a conviver com ele. Adorei sua reflexão e me fez lembrar de momentos da minha vida e principalmente quando eu parei para pensar e tentei parar de culpar os outras pelas minhas escolhas... Outra coisa que tento parar é de me comprar a todo mundo. Cada um tem sua vida e suas dificuldades. E realmente é maravilhoso ter alguém do lado para nos ajudar a superar tudo. Beijos
    Charme-se

    ResponderExcluir
  6. Cada pessoa sabe o peso que carrega, não adianta a gente querer comparar ou criticar

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  7. Acho que tudo depende do quanto de peso você quer carregar durante a sua vida/jornada. Se quiser carregar pouco, poucas portas se abrirão mas você terá sempre mais segurança. Para os aventureiros que querem mudar, melhorar, o peso com certeza é maior, mas as chances de crescer e se desenvolver também serão infinitamente maiores.

    Acho que estou no grupo da primeira opção. Talvez eu precise arriscar mais, mas sempre me pego pensando que não sei por onde começar, pra onde ir. Na verdade acho que isso é medo.

    ResponderExcluir
  8. A gente é mais forte do que aparenta, sem dúvida. Mas dividir o peso com alguém também pode ser recompensador. <3

    ResponderExcluir
  9. nos somos mesmo muito fortes, mas em alguns momentos precisamos tbm de ajuda.... apesar de sermos extremamente fortes, nao somos autosuficientes

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  10. Caramba! Você é independente desde cedo. Mas eu sei que apesar de sermos fortes o tempo todo, ou quase todo o tempo, ainda sim não somos de ferro. E é sempre bom ter alguém ao nosso lado para partilhar desse "peso" que carregamos o tempo todo. Gostei muito do seu texto.

    Ps.: Seu blog é muito fofo! *-*
    Ps2.: eu gosto de unicórnios Dark!

    Até mais!
    Karolini Barbara

    ResponderExcluir
  11. Fiquei curiosa, você realmente saiu de casa aos 15 ou é só o eu lírico falando? haha Mas belo texto, eu me identifico bastante porque é basicamente a minha vida, sou forte, faço tudo oque tenho que fazer com antecedência, e as pessoas falam "nossa você é tão independente" "você consegue fazer tudo, como consegue?" e ta tudo bem para mim, mas confesso que fraquejo de vez enquando, e morro de vontade de ter alguém pra me mimar hahah
    Beijinhos
    http://penultima-janela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Bi, te entendo perfeitamente. Compartilhar com alguém que queira nos ouvir é ótimo! Adoraria ter alguém assim também!

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir
  13. Adorei seu texto!! Todas nós temos muita força ou nos esforçamos ao máximo para enfrentar tudo o mais firme possível. Só que é legal ter alguém para compartilhar esse 'peso' também.
    bjss
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir

Image Map