Image Map

Press

#95. Boa sorte

`
   Eu acredito que arrependimento e questionamento sejam coisas naturais do ser humano. A ideia de saber que opções existem, mas que no fim somente uma porta será revelada com sua escolha é agoniante. Por que não podem saber do futuro e decidir pela melhor opção?
   Não. Eu não permito que isso aconteça; que os humanos consigam ver o amanhã e tomar suas decisões baseadas em ideias prontas do que acontecerá. Eu simplesmente estou lá, de forma figurada, existindo. Não interfiro, não aconselho, não me mexo: eu simplesmente existo. E dito algumas regras básicas de convivência.
   Como Destino, espero que todos me temam. Que não deixem para depois o que podem fazer hoje, pois eu posso tirar-lhes a vida. Tolos! Eu nada posso fazer. Eles mesmos que decidiram por morrer, por exemplo, a partir de suas escolhas.
   Espero que se amem, se conheçam, se beijem. Espero que comam, que criem, que dancem, que decidam viajar, que festejem. Espero, espero e espero.
   Espero sem nada fazer.
   Eles mesmos que tomam suas decisões e aceitam suas consequências. Eles mesmos, uma vez que eu só fico de telespectador, narrador, amador.
   Eles mesmos que tomam suas decisões.
   Aqui eu só contarei o que estava atrás da outra porta que poderia ter sido aberta, mas não foi. Eu só contarei e eles só teriam vivido, se tivessem escolhido outro caminho.
   Eu só conto, eles só vivem e nós só existimos em linhas paralelas, sempre lado a lado porém nunca deixando que nossas intenções e vivências se cruzem.


________________________


Esse projeto vai ser uma série dentro do 100 maneiras de dizer "eu te amo". Basicamente essa primeira parte foi escrita pelo Destino, em que ele explica o seu lado da história. Os próximos textos contarão a história de um mesmo casal, mas que são diferentes, vivem de formas diferentes, reagem diferente a diversas situações por conta de decisões tomadas de maneira contrária no passado. Pareceu confuso, né? Você vai entender melhor no futuro.
Ah, e espero que gostem!
1

1 comentários:

  1. Hum, intrigante! Já quero ler as outras versões da mesma história (adoro isso!)

    ResponderExcluir

Image Map