Image Map

Press

Cabide quebrado: blazer azul

`

   Vocês já devem saber que Tumblr é uma das minhas redes sociais favoritas e que é de lá que muitas das minhas peças-sonho-de-consumo saem. Essa camisa listrada era uma vontade e consigo imaginar ela muito bem com uma jardineira fofa em um piquenique, então agora só falta a companhia e o tempo agradável para o próximo look, viu? O único probleminha dela é que ela é cropped. E eu não sou magra.


   E foi aí que o blazer entrou. É meio óbvio que o real "problema" foi meu "e eu não sou magra", mas acho que o intuito de ter um blog e compartilhar a vida pessoal é ser honesta, não? Então, eu acho que as pessoas que olharam para mim na rua pensaram que eu não devia usar porque não sou magra. Quero que saibam que eu não concordo quando se trata dos outros; sou a primeira a bater em quem faz piadas e a primeira a elogiar quem não liga para opinião alheia, mas por que não consigo fazer isso quando se trata de mim?


   Acho que sempre somos mais exigentes quando se trata de nós mesmos. Sempre. Ainda sim, olhando essas fotos, eu senti que toda essa história de não ser magra é idiota. O meu intuito não é parecer modelo; o meu objetivo é ser estilosa. Isso é o que me deixa feliz. E se algum dia eu conseguir aquela clavícula mais evidente, ótimo. Se não, ótimo também. Eu sou saudável e o sentimento de que sou especial continua aqui, com a balança marcando 300kg, 60kg ou 45kg. 



   Agora chega de texto de autoestima e vamos para algo mais importante: essa sandália. Vocês lembram daquela viagem pra São Paulo? A loja da Melissa da Oscar Freire estava em liquidação e eu não consegui sair de lá sem essa belezinha. Ela é tão confortável e ficou tão bonita no pé que eu até ignoro o fato de ser inverno ainda. A cor é linda e eu adoro o fato dela ser tratoradinha. Gostei bastante do contraste dela com a calça branca também.
















Blusa: Zara
Calça: Renner
Sandália: Melissa
Blazer: Riachuelo


*vocês viram que eu mudei o modo de expor a roupa? gostaram assim ou o outro jeito era mais legal? a ideia veio de um crush do instagram (que eu inclusive acho que deviam shippar nós dois, porque apoio moral sempre ajuda na vida)*

*a NewChic viu minha wishlist e mandou avisar que vocês vão ganhar 20% de desconto com o código "Arriana". Aproveitem que vale até janeiro de 2017!*
11

Não vou abaixar o som, mãe: FT Island e CNBLUE

`
   As bandas de hoje estão para ser indicadas há séculos, mas o dia foi adiado e adiado porque estou com medo dos comentários e de como eu posso reagir. Sempre que falo de Coreia aqui, os comentários são genéricos e daqueles que a gente sabe que a pessoa nem leu, sabe? E são pessoas que geralmente leem as outras coisas que eu posto. O problema é o assunto? Por hoje vou lembrar do meu próprio conselho e indicar o que eu gostaria de ver nos outros blogs e também vou agir como a pessoa que compartilha os gostos sem querer agradar; só desejando repassar algo que ama. 

FT Island


   Sabe quando a gente começa a gostar de uma série e a trilha sonora é tão boa que a maioria das nossas bandas favoritas são retiradas de lá? Pois então, nesse caso aqui foi ainda mais pessoal: o vocalista da FT Island era um dos protagonistas. Lembra de quando eu indiquei You're Beautiful? Então, o Hongki era o Jeremy que tanto me fez chorar com essa cena aqui e quando fui pesquisar mais sobre ele, acabei sabendo sobre a banda.



   Eles estão juntos desde 2007 e são tidos como pop coreano mesmo. Porém nesse último comeback (comeback é o nome para quando os artistas lançam conteúdo novo) eles ficaram com uma vibe bem mais rock, um pouco diferente do que produziam antes e eu simplesmente me apaixonei ainda mais. Acho que vocês vão gostar bastante de Where's The Truth?, último álbum deles, que está disponível aqui.

CNBLUE

   E a história se repete. E em um mesmo elenco. CNBLUE foi descoberto por mim porque Jung Yong Hwa (vocalista também) estava em You're Beautiful e inclusive participava da mesma banda que o Jeremy na série. Entretanto, diferente de FT Island, CNBLUE é rock coreano. No último comeback eles também inovaram no conceito e trouxeram um jazz muito gostoso de ouvir. Os videos também parecem mais elaborados e eu preciso dizer que SOCORRO, ELES SÃO CHARMOSOS DEMAIS.



   CNBLUE significa Code Name e BLUE é para uma característica de cada membro. Sabe como com o One Direction era tipo Zayn Misterioso, Niall Brincalhão, Louis Criança, Liam Responsável e Harry GAY Estiloso? Tipo isso. Ah, e eles começaram em 2009 e já ganharam vários prêmios lá na Ásia. Os caras são bem famosos no Japão também, viu? 


E aí, qual foi seu favorito? Qual música gostou mais? Espero que tenham gostado da indicação.
21

642 coisas sobre as quais escrever: 207

`
   Onde está você, querido ninguém?
   Quero saber como você é. Seu cabelo é macio e escuro como sempre sonhei? Sua risada é bonita e aconchegante? Você usa sapatos legais? Quero saber o que você gosta de fazer. Livros? Música? Você canta no chuveiro também? Quero saber o que vai sentir quando me ver. Vai ficar nervoso ou feliz? Ansioso ou simplesmente tranquilo? Quero saber de você.
   Querido ninguém, eu espero algumas coisas de você. Quero que me abrace e diga que meu cabelo  cheira bem. Quero que beije a palma da minha mão e me olhe nos olhos quando dizer que gosta de mim. Quero que entrelace nossos dedos e faça planos sabendo que eles podem não se realizar. Quero que ligue de vez em quando e quero que me veja como uma boa amiga acima de tudo. Se parar de gostar de mim, não precisa me privar das notícias ruins; termine e terei sempre uma visão boa de nós dois. Mas antes disso quero que me leve para algum lugar que tenha muitas flores e quero que façamos um piquenique. Quero também ir no planetário só para poder dizer que o que eu sinto por você é tão imenso quanto o universo e tão infinito quanto a quantidade de estrelas.
   Não sei quem é você. Não sei quantos anos tem, quantas garotas já gostaram de você e se você gosta de leite puro. Não sei em que parte do mundo mora, se terei um cunhado ou se possui alguma cicatriz. Tudo que sei nesse exato momento, querido ninguém, é que eu estou aqui, esperando você chegar, esperando para aprender suas manias e amá-las, aguardando pelo momento em que sua possível irmã mais nova vai dizer que sou a melhor amiga dela. Eu estou aqui, sonhando com um carinho que ainda não chegou, com beijos que ainda não plantaram borboletas em meu estômago; estou aqui, imaginando como você é e desejando que você esteja pensando em mim também.
   Querido ninguém, quanto tempo falta? Sinto sua falta sem nem mesmo te conhecer.
   Cuide-se, querido ninguém. Você ainda vai ser muito especial para mim.
18

New Chic wishlist

`
   Quando eu estou triste, a primeira coisa que penso em fazer é pegar o dinheiro que estou juntando para a viagem de fim de ano e gastar com roupas. Pensando nos restaurantes que quero ir e nas coisas que pretendo fazer, escuto BTS (banda que eu quero indicar SE VOCÊS QUISEREM) e procuro umas lojas legais não tão conhecidas. Numa dessas acabei encontrando a NewChic e foi impossível não fazer uma wishlist.

Camisa floral - Camisa azul sem ombro - Camiseta - TshirtCamisa Divertida



Mochila Caramelo - Sandália - Oxford - Mochila

   A loja é gringa e isso veio a calhar agora que o dólar está cada dia mais baixo. Muitas peças fazem valer a espera básica de no mínimo dois meses. Estou seriamente pensando em comprar algo lá e depois contar aqui quanto tempo levou, mais ou menos. Minha aposta é 45 dias; o que vocês acham?




   O que acharam da lista? Acessem o site e não esqueçam de dizer quais foram as peças favoritas.
12

Porcaria, a pipoca queimou: Um amor à altura

`


   Enquanto todos assistem Esquadrão Suicida, eu não nego meu signo e sigo sonhadora assistindo a comédia romântica Um Amor À Altura. O filme francês é um remake do longa argentino lançado em 2013 chamado Coração De Leão e eu preciso dizer que os dois são incríveis por, mesmo que sejam a mesma história, explorarem o ambiente em que o romance acontece de uma forma linda. Os dois países são maravilhosos e isso só fez com que eu gostasse ainda mais.


   A história começa com Alexandre e sua sutileza: Diane, a personagem principal, esqueceu seu celular na mesa do restaurante e ele não perdeu a oportunidade e pegou o objeto. Ele então ligou para o contato "casa" e marcou um encontro com ela para o dia seguinte. Chegando lá, Diane descobre que seu admirador secreto tem 1,36 de altura. Exato. 136 centímetros.


   Considerando as diferenças e os olhares feios que eles recebem por não ser um casal convencional, Diane e Alexandre terão de se questionar se o amor vale a pena. As cenas entre os dois são muito delicadas e muitas são bem descontraídas, então acho que foi impossível não torcer por eles. Os efeitos que fizeram o ator Jean Dujardin não são daqueles horrendos, o que me fez realmente achar que ele fosse um anão. E olha, ele era um anão muito charmoso. 

   Outro ponto que fez o filme ser tão bom foi a trilha sonora. No trailer, fui lembrada de um amor antigo chamado Rebecca Ferguson e as outras canções também são ótimas. No geral são em inglês, mas as francesas são tão charmosas que me deixaram com vontade de estar apaixonada, sentada em um café fofinho em Estocolmo, esperando um brownie quentinho ficar pronto enquanto escrevo cartas para entregar ao meu amor. 

   O filme vale muito a pena. A fotografia é bonita, a risada é garantida e não existe nenhum vilão para se odiar, então eu diria que é só amores. Um Amor À Altura é leve, esperançoso e delicado. Assistam.

14

Morando sozinha

`
AY YO você já se inscreveu no sorteio do blog? Link com regras e maiores explicações aqui.

   Eu imagino que quem lê o blog agora talvez não seja a mesma pessoa que começou comigo lá em 2013, então não deve saber que aos 15 anos eu tive que mudar de colégio, vindo assim para Porto Alegre. Naquela época meu pai quis investir e acabou comprando um apartamento na capital, só que não veio comigo. Ele e minha mãe ficaram na cidade vizinha e vinham jantar ocasionalmente; nos finais de semana, porém, meu tempo era gasto com eles. E funciona assim até hoje.
   Você deve achar essa história estranha, não? Eu acharia. Mas você precisa compreender que independência é uma coisa minha. Com 15 anos, minha prima mais velha era como uma companheira de quarto; aos 16 fui para os Estados Unidos ficar um ano na casa de uma família americana e aos 17/18 comecei a faculdade, continuando minha vida no apartamento de três quartos. Ou seja, não importa a idade que eu tenha, independência sempre vai ser sinônimo de Bianca Geisler.
   Entretanto, nem sempre foi fácil, por isso quero compartilhar coisas que eu gostaria que tivessem me dito três anos atrás.

#7. Você gosta? Faça.



































Quando se mora sozinha, você pode até ter a opinião alheia para se basear, porém é você que está lá todos os dias olhando para a parede e amando ou odiando a decoração. Se você gosta de alguma coisa, faça; se não gostar, não faça. É simples assim. Mesmo que isso signifique cortar o gesso cartonado e fincar flores artificiais na parede.

#6. Organize-se 




































Minha mãe não é uma pessoa muito organizada, então eu ficava louca com sua bagunça, porém não a corrigia para não brigar. Quando vim morar sozinha, vi que organização é muito importante para um bando de coisas, mas principalmente para com documentos e remédios. Tenha uma caixa para colocar "coisas especiais" como itens assim.

#5. Não se isole
Responder mensagem nunca foi meu maior forte, mas eu lembro que nas primeiras semanas meio que me isolei especificamente porque estava me sentindo abandonada. A maturidade bateu na porta uns dias depois e notei que precisava conversar com meus pais sobre o assunto, então eles me explicaram que não era bem assim e que eu poderia voltar quando quisesse. Não era o que eu queria. O que eu queria era ouvir da boca deles que podia ligar quando quisesse para marcar um jantar ou algo assim e a dica aqui é essa: não perca o contato só porque não mora mais no mesmo endereço.

#4. Sua casa, sua responsabilidade 
Eu simplesmente achei que os pais nasciam sabendo das coisas, então acreditei que seria o mesmo comigo quando vim morar sozinha. Mas, adivinhe? Não. As plantas precisam de água, você precisa levar o lixo pra fora, se quiser lençóis limpos vai ter de trocar e isso não vai ser sempre bom. Ainda sim, saiba que fica melhor com o tempo; o que um dia era feito por você, agora é sua responsabilidade e você se acostuma com isso. Ah, e uma dica ótima é sempre ter coisas extras em casa, como esponja de lavar louça, papel higiênico, xampu, uma chave de fenda, uma lâmpada, um resistência de chuveiro (qualquer coisa é só olhar tutorial no youtube), coisas assim que você não ia querer sair para comprar caso acabasse no meio da noite.

#3. Coma direito
Sempre me perguntam "tá, mas tu cozinha?" e a resposta é um óbvio sim. Eu aprendi com o tempo e tudo bem queimar o arroz de vez em quando, ok? O que é preciso aqui é saber que uma alimentação saudável é fundamental, então procure se informar sobre feiras perto de casa. Frutas e legumes frescos sempre são bem-vindos.

#2. Dias solitários virão
Desculpe dizer, mas você não está imune ao sentimento chato que a solidão é. Quando isso acontecer, convide amigos, ligue para os avós, faça uma janta e se apresente para os vizinhos. Uma boa é recorrer para o conhecimento pessoal e procurar um hobbie também. Só não pense que tudo está indo mal porque você sente saudade.

#1. Guarde
Estou falando de dinheiro porque sim, morar sozinha envolve dinheiro. E bastante. Mas isso vocês já sabem, não é mesmo? O que estou falando aqui, porém, é sobre dinheiro que vai ser gasto nos detalhes: um chocolate mais caro que você sempre quis provar, um quadro da Leroy Merlin, uma televisão nova. Se sobrou dinheiro no mês, guarde e junte. Uma hora vai aparecer algo legal que você queira investir. Quem sabe ter um porquinho para guardar as moedas? Você que sabe.


*as fotos do post são do mesmo apartamento mesmo e eu espero que gostem. não esqueçam que tem o #18 coisas para meu apartamento onde eu posto sobre itens de decoração que eu não vejo a hora de acrescentar aqui em casa*


Você tem vontade de morar sozinha? Tem algum sonho que envolva? Conta aí.
18

Avisos rápidos

`
   Galerinha, dois recados rápidos hoje. Primeiro é que saiu vídeo novo lá no canal. Assistam e me digam como eu tenho me saído, ok?


   Segundo é que eu queria avisar vocês que está rolando sorteio lá no fanpage do blog. Faz um tempinho que começou, mas eu sou bem esquecida e acabei deixando passar. O sorteio vai até dia 19 de agosto e tudo que você precisa fazer é seguir o instagram @blognaogostodeunicornios e marcar três amigas nesse post aquiAh, e os prêmios (que foram trazidos aqui pela parceria com a Gorila Club) consistem em um anel, um colar e um porta-retrato muito fofo. 



   Boa sorte.
   Por hoje era isso. Tenham uma ótima semana!
5

18 coisas para o apartamento: #10

`
   É incrível o quanto uma decoração pode falar sobre você, não? O item de hoje só chegou aqui porque eu passei muito tempo da minha infância tentando fazer com que as pessoas gostassem de mim. Até mesmo família.

Número 10: Sofá Luis XV

   Para quem ficou confuso com o primeiro parágrafo, eu explico agora. Como eu queria que meu tio gostasse de mim de verdade, comecei a me interessar pelo que ele gostava: antiguidades. No começo era maçante, mas com o tempo realmente comecei a apreciar o valor histórico de uma porcelana antiga, de um garfo que meu bisavô usou e um móvel que muitos olhariam como lixo.

   O sofá Luis XV é um desses móveis que eu babo demais. Os detalhes dos pés são maravilhosos e as estampas do estofado são as melhores. Geralmente esses são esses os problemas que aparecem com o tempo; os pés estão desgastados, precisando assim de reparos e o estofado rasgado. Obviamente que é preciso ver o valor do reparo para saber se vale a pena ou não, porém eu acredito que tendo os contatos certos, a reforma não sai tão cara assim.
   Obviamente não como a imagem anterior, porém meu sonho é ter um desses em casa. Não quero o ambiente inteiro elegante (alô, tem um lustre, almofadas douradas e cortinas gigantes ali); só quero o sofá WOW e o resto mais moderno. Essa mistura é uma das minhas favoritas, viu?

   Onde encontrar? Bem, essa é uma resposta complicada. Eu vejo muitas opções boas no Mercado Livre, só que o preço é bem inviável. Eu procuraria em brechós, alguns antiquários e estabelecimentos desse tipo. Aqui em Porto Alegre existe o Exército da Salvação e sei que outros estados também desfrutam dessa opção: lá eles vendem diversos itens usados por valores que são retornados para causas sociais legais. Ah, e o OLX também é uma opção. 

   Como não achei nenhuma imagem que representasse bem minha ideia, resolvi misturar. Imaginem então essa sala de estar colorida com os sofás Luis XV. Eu acredito que o resultado seria ótimo. 
   Agora rezem pra que eu encontre um por um valor no qual eu não precisa vender o rim (ou meu corpo) pra pagar.
13
Image Map