Image Map

Press

Porcaria, a pipoca queimou: The Song

`
Para quem gostou de: Um Amor Para Recordar e A Filha Do Pastor
Status: estreiou.
Indicaria: com certeza!

   Preciso começar com essa resenha dizendo que esse é um dos melhores filmes que eu já vi. Também é necessário comentar que envolve sim religião, mas não como Deus Não Está Morto (que, por sinal, eu não curti nem um pouco); The Song, que ainda não tem tradução, é sobre estar perdido.
   Inspirada na história de Salomão, The Song é inspirador. No longa, Jed King possui tudo: fama, dinheiro, beleza e uma esposa dedicada. Ele ganha a vida cantando músicas gospel por influência do falecido pai, até o momento que o tormento entra em seu caminho. Tormento, nesse caso, que se chama Shelby. Seu produtor a contrata na intenção de "juntar os fandoms", mas acaba que não passa de uma emboscada para um pobre coração vaidoso. Ao decorrer da turnê, eles se envolvem e Rose, sua esposa, não sabe o que fazer. Com um filho pequeno para criar e um buraco no coração deixado por Jed, Rose é um exemplo de superação, força e seu personagem é um dos pontos mais fortes do filme.
    Eu diria que com esse filme notei que não importa o quão longe e perdidos estamos, nunca é tarde ou errado voltar atrás e se redimir. Isso que faz um filme ser bom, não é? Se te toca de alguma forma ou não. Ah, e todas as músicas são cantadas mesmo pelo Jed (interpretado pelo Alan Powell do grupo Anthem Lights, do qual falei nesse post aqui).

15

15 comentários:

  1. Olá,
    Não conhecia o filme, mas já vi um Gospel no mesmo estilo e adorei, acho que é A Filha do Pastor, mas enfim, gostei muito da dica, gosto desses filmes com música e talz.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Filha do Pastor é um dos que eu indiquei para quem tinha gostado desse filme mesmo.

      Excluir
  2. Oiii Bi :) Não conhecia - e, logicamente, não assisti - esse filme, mas acho bem possível que eu goste, já que é no estilo de Um Amor para Recordar! Só não sei se a parte musical e religiosa vai me agradar muito, mas não custa tentar! Beijinhos

    www.chezb.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vai gostar, Bruna. Espero que goste, pelo menos.

      Excluir
  3. Oii!
    Não conhecia esse filme!!
    Dica anotada.
    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. AH não conhecia!
    Mas ja fiquei curiosa para assistir!
    beijinhos, Rê
    http://blogsonhosdeverao.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Bianca! Tudo bem? Não conhecia o filme, mas achei a premissa dele bem interessante. Vou anotar o nome dele aqui e tentar assisti-lo em outra ocasião! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/08/resenha-premiada-johnny-bleas-um-novo.html <- Tá rolando promoção do livro "Johnny Bleas - Um Novo Mundo" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia, e nem imaginava que seria um filme meio religioso, a primeira vista parece algo do nosso famoso Nicholas Sparks! Mas curti, vou baixar e assistir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Mas olha, você até esquece a parte religiosa e se foca na parte romântica.

      Excluir
  7. Oi, Bianca!
    Então, não conhecia o filme. Nunca nem o vi pela internet. Mas a premissa não me deixou interessado. A história em si nem me animou para tentar dar uma chance. Fico feliz que tenha gostado muito, mas acho que não é bem o tipo de entretenimento que procuro.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa, Bi! Deu vontade de chorar só de ler essa resenha! Imagina vendo o filme e vendo como a Rose ficou sem o marido! Eu chorei litros em Um amor pra recordar e ontem mesmo estava pensando em assistir de novo, mas acho que em vez de repetir, vou procurar assistir esse!!

    ResponderExcluir

Image Map