Image Map

Press

18 dicas para o ENEM

`
    E aí, vai fazer ENEM esse ano?* 
    Se não, sorte sua! Se sim, sofra comigo de ansiedade e nervosismo, caro amigo. 
   ENEM, para quem não sabe, significa Exame Nacional do Ensino Médio. Com ele, fica mais fácil conseguir entrar em uma faculdade federal e não ter que vender o rim para pagar por uma universidade particular. Além do ponto positivo de não ter que gastar 2 mil reais por mês em mensalidade, as faculdades federais geram um certo reconhecimento/orgulho, uma vez que é mais difícil entrar lá. 
   Agora que eu já falei bem e deixei os participantes desse ano ainda mais animados, estou aqui para dar dicas

   *mesmo que não esteja no último ano, continue lendo o post e preste atenção no #5.*

#1. Leia, leia e leia.
Ninguém brinca quando diz que a leitura é a base para bons resultados. Mesmo que você saiba que aproveita melhor informações ouvindo ou escrevendo, ler é muito importante por a) gramática e b) interpretação. E é isso que o ENEM pede: interpretação. Por isso, leia bastante não só antes da prova, mas como as próprias questões do teste. Muitas vezes a resposta está na pergunta, ok? Mesmo.

#2. Mentenha-se informado
Eu falei, não é? Ler é importante. Mas, mais do que isso, é necessário estar por dentro do que acontece ao redor do mundo. Ler o jornal, ver o noticiário e até pesquisar sobre assuntos que você escuta todo mundo falar, mas não sabe muito do que se trata está valendo. Vai ajudar, eu garanto.

#3. Organize seu material
O que seria de um escritor sem caneta e papel? Nada. Ele não seria um escritor. O que seria de um estudante sem seus cadernos e livros? Nada. Ele não seria um estudante porque não estudaria. Então, seguindo esse conceito, organizar seu material é muito importante. Separe livros que você julga ter informações boas e compre um caderno exclusivo para resumos. Eu incluiria nessa comprinha umas canetas marca texto também, pois sublinhar ajuda a fixar

#4. Peça e participe
"Ah, mas eu não entendi esse conteúdo, por isso fui mal". Queridinho, Deus te deu uma boca: use-a. Pedir ajuda não é feio e não arranca pedaço. Além de procurar por alguém que sane suas dúvidas, pergunte se seus amigos têm livros didáticos para emprestar. Livros de cursinho são ótimos! Outra coisa que ajuda muito é explicar a matéria para outra pessoa; você ajuda e ainda fixa mais a informação na sua cabeça. 

#5. Pratique
Caso seja sua primeira vez fazendo ENEM, procure amigos/familiares/alguém que possua provas anteriores. Não, as questões não serão as mesmas, mas já ajuda. Vendo a prova, você conhece melhor o perigo e, em muitos casos, até nota que não é aquele bicho de sete cabeças. Ah, e se você ainda não está no último ano, faça a prova um ano antes! Saber do que se trata antes que esteja valendo de verdade é muito importante.

#6. Organize seu tempo
Não estou dizendo que você precisa organizar o dia inteiro, minuto por minuto, mas organizar o tempo é essencial. Eu, por exemplo, já acabei a escola então tenho o dia inteiro para estudar e o que faço é ter a manhã livre e, depois do almoço, os estudos começam. Estudo duas horas cada conteúdo; segunda é biologia e literatura. Terça fica com química e português e assim vai. Não é muito, sabe? Caso você ainda esteja na escola, eu diria que uma hora por conteúdo já está de bom tamanho. 

#7. Use papel e não touchscreen
Não vale estudar na internet. Mesmo que digam que os efeitos são os mesmos, ler na internet vai a) deixar seus olhos mais cansados e b) distrair. O livro livro vale mais, acredite.

Sobre o fatídico dia:

#8. Saia de casa com tempo de sobra
Atrasos realmente contam no dia da prova. Segundos podem te tirar meses de estudo e uma baita oportunidade, então seja pontual. Escute música no caminho para o colégio em que fará o exame e não pense na matéria. Se você não estudou, não vai ser nesses vinte minutos antes que vai aprender.

#9. Dormir e comer
O ENEM começa bem depois do almoço e todo mundo sabe daquele sono que bate depois de comer, não é? Então almoce um pouco antes do comum, umas 11 horas. Uma boa noite de sono no dia anterior é ótimo também.

#10. Leve comida e água
Por almoçar mais cedo, a fome vai bater. E mesmo que não bata, é sempre bom estar precavido caso aconteça. Barras de cereal, chocolate, coisas que você possa tirar o rótulo são alimentos indicados. Levar água também é uma boa pedida, pois assim você não perde tempo saindo da sala.

#11. Você é seu único inimigo
Olhar para o lado, ficar vendo os outros acabarem antes; comparar-se em geral não é indicado. Foque na sua prova e pronto! 

Sobre a  fatídica redação:
Redação é onde você precisa dar tudo de si; é aquela última volta numa corrida em que você só tem uns segundos mais. Conseguir mil pontos não é fácil, mas com algumas dicas e uma boa gramática, tudo é possível.

#12. Preste atenção no assunto!
Fugir da proposta tira muitos pontos do participante. No caderno com a folha para rascunho (e, pelo amor de tudo que é mais sagrado, USE-A. Rascunho é essencial para uma boa redação) estão propostas falando sobre o assunto. Leia com atenção e não fuja dele. Por exemplo, se o assunto é Bíblia, você pode mencionar Deus, mas Ele não é o assunto principal; você deve falar do livro. 

#13. Padrão?
Introdução (quatro, cinco linhas), desenvolvimento (dois parágrafos) e conclusão (quatro, cinco linhas): esse é o formato de uma redação. Não se esqueça do título e de deixar um espaço de um dedo no início de todo parágrafo, ok? 

#14. Cuidado com o básico
Por básico, nesse caso, falo da escrita em si. Além de legível, a letra precisa ter um tamanho razoável; nem grande demais, nem pequena demais. E nada de passar das 30 linhas, hein

#15. Fatos, estatísticas
Uma coisa que valoriza muito uma redação é a informação que você dá. Se comenta sobre uma determinada pesquisa do IBGE, por exemplo, e fala sobre estatísticas relacionadas ao assunto, os corretores vão saber que você é uma pessoa que lê, que busca informação e isso, meu caro amigo, é um baita ponto positivo. 

#16. Leia de novo e de novo e de novo
Ler o rascunho mais de uma vez ajuda bastante. Ver as vírgulas que deixou passar, uma palavra estranha ou um erro gramatical só fica claro depois da segunda leitura, então tire seu tempo e, antes de passar para a folha oficial, dê uma checada no seu rascunho. 

E depois do dia fatídico?

#17. Sisu, minha gente.
Sisu é o portal de mágicas vagas na terra desconhecida da faculdade. As inscrições só abrem depois que a nota do ENEM for liberada (lá em janeiro) e caso alguém tenha dúvidas, basta me perguntar, mas já aviso que é preciso ficar de olho no site. 

#18. Fada madrinha?
"Ok, Bianca, o Sisu já fechou e eu não entrei para nenhuma faculdade que escolhi. Acabou!" Nope, não acabou, pequeno vagalume. Ainda existe uma chance chamada fada madrinha, que também é conhecida por segunda/terceira chamada. Nem todos os alunos que se inscrevem fazem a matrícula e é contando com essas vagas restantes que você ainda tem chance de entrar. Simples assim.

   Tenha em mente que eu ainda não estou na faculdade e só fiz esse teste uma vez antes (2013) e meu resultado até que foi bem satisfatório. Eu estava no segundo ano do Ensino Médio e consegui 980 na redação, sendo que a nota máxima é mil. 


Bom, agora que você já sabe das minhas dicas, o que está esperando para sair da frente dessa tela e ir estudar?
Boa sorte!
12

12 comentários:

  1. Opaaa...eu fiz há muitos anos atras kkkkkk
    Mas tenho vontade de fazer, apenas para testar meus conhecimento =)
    Beijos.
    Blog GuriasGata

    ResponderExcluir
  2. Não vou fazer enem , mas gostei das dicas haha
    Visita meu blog ? www.espacoviciante.com

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  3. adorei as dicas, bjs : )

    http://lanibelezafeminina.blogspot.com.br/
    https://www.youtube.com/c/LaniSilvaMakeup

    ResponderExcluir
  4. Quando eu fiz o enem, uns 7 anos atrás (a velha), eu odiei MUITO! É uma prova muito cansativa e lá pela décima questão ou menos ainda, já começa a cansar. Mas dicas são sempre bem vindas!
    http://namesmafrequencia.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A prova é cansativa mesmo, mas vale a pena tentar, né?

      Excluir
  5. Ia fazer o ENEM como teste esse ano, mas desisti, achei suas dicas muito válidas.
    Beijos

    http://beingasunshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Estou cursando o nono ano, mas já me preparo psicologicamente para o tal do ENEM. E suas dicas foram devidamente anotadas, moça. A gente tem que se preparar muito bem para conseguirmos aquilo que almejamos, além do esforço/dedicação/amor que são essenciais nesse processo. E como o ENEM está ficando cada vez mais perto, desejo boa sorte antecipada e uma dose extra de dedicação para você! Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, Natália! Espero que minhas dicas te ajudem um dia.
      Muito obrigada, viu? Vou precisar.

      Excluir

Image Map