Image Map

Press

Esquece as aspas: blogueira? eu?

`

   Deixe-me contar a história de uma menina de 14 anos que, como uma boa pisciana, era sonhadora. Ela escrevia poemas por prazer e para dizer como se sentia sobre estar gostando de um menino que morava em São Paulo, enquanto ela fazia uso do sotaque gaúcho. Certo dia, uma amiga metida tomou seus rascunhos e os levou para a mesa da professora de literatura. A garota romântica quis se esconder de tanta vergonha. No fim da aula, ela foi chamada e a tal professora sorriu. "Talvez não será tão ruim assim alguém ler" ela pensou. A mais velha disse que ela devia compartilhar com os outros aqueles poemas, fosse em redes sociais ou em um blog.
    Acho que aquela foi a primeira vez que ela pensou na possibilidade de criar um site.
   Ela escutou mesmo o que a mulher disse e assim surgiu Simple Life, um blog de poemas que foi abandonado depois de 100 postagens, 10 mil acessos e um ano de existência. Ela o abandonou porque queria mais que só poemas; abandonou porque, voltando para casa, em um dia qualquer, pensou que Não Gosto de Unicórnios seria um bom nome para um blog.
   Agora, aqui, no dia 13 de julho de 2015, o blog continua vivo. Depois de quase três anos (aniversário em novembro, anota aí) e mais de 220 mil acessos, isso aqui é meu maior orgulho. Mais do que ter publicado um livro. Mais do que ter ido para os Estados Unidos aos 16 anos para ficar um ano. Mais do que qualquer coisa. Esse blog é parte da minha vida, entende? Uma parte grande. Porém, agora, aqui, no dia 13 de julho de 2015, eu noto que nunca vou ser uma blogueira como as outras. Não sou das que posta look do dia ou dicas de maquiagem, nem das que tem parceria com grandes lojas ou editoras. Não sou das que tem uma ótima câmera ou das engraçadas que postam também vídeos no YouTube. Eu sou blogueira então?
   Acima dos looks, das maquiagens, das lojas, editoras ou vídeos, eu amo o que faço. Eu amo escrever e compartilhar o que seja; músicas, livros, filmes, textos. Eu amo ser o MEU tipo de blogueira então peço desculpa, mas não vou ceder ao que "dá lucro"; não vou parar de escrever bastante e passar a fazer vídeos, uma vez que "todo mundo quer praticidade e ficar lendo não é prático". 
  Tudo bem por você, leitor? 

      Se tudo bem por você, então ótimo. Agora vamos para a real questão e ponto principal desse post: você, blogueira, blogueiro que lê meu blog, está sendo verdadeiro consigo? Olha, não me cabe a incumbência de responder isso. Você sabe se comenta a postagem e não a leu; você sabe se rouba conteúdo de outros blogs; você sabe se está sendo honesta com a resenha que faz ou se só quer agradar. Você sabe.
   Eu sei sobre mim e, depois desse tempo todo na blogosfera, posso dizer que aprendi algumas coisas. Hoje resolvi que iria compartilhar um pouco do que sei para, quem sabe, nunca mais cruzar com comentários genéricos ou blogs ctrl c + ctrl v. 

#3. Marketing é tudo
Obviamente um layout legal chama atenção. Muitas vezes, porém, menos é mais. Menos cores berrantes e fontes extravagantes são mais indicadas, por exemplo. Mas marketing não é só isso; marketing é cuidar da imagem. Seus posts precisam de uma gramática correta e informação que segue um raciocínio, entende? Como uma redação. 
Marketing também trata de ir lá e apoiar outros blogs NO ENTANTO não significa comentar a mesma coisa em todos eles e nem ler a postagem.      

#2. Escreva coisas das quais gostaria de ler
Se você gosta de moda, escreva sobre estilistas, tendências e lojas legais. Se gosta de filmes, fale sobre estréias e atores. Se gosta de música... bem, entendestes meu ponto. Comentar sobre assuntos variados ou um só mas abrir um leque maior, para não ficar só em um formato de post só vai fazer sentido para você se for algo que te agrade. E, no fim do dia, é isso que importa: escrever coisas das quais você mesmo gostaria de ler por aí.

#1. Se quer crescer, fale alto
Já vi muitas blogueiras "pequenas" chorando por não conseguirem parceria quando elas mesmas não paravam para resenhar um produto ou pesquisar sobre as lojas que gostavam. Minha dica é que se você quer uma determinada parceria, pesquise sobre o assunto e escreva, então mande um email para a loja/departamento comentando sobre seu interesse e aguarde. Se conseguir algo, ótimo. Se não conseguir, você pelo menos compartilhou sua opinião.



   Existem muitas outras dicas, porém tentei concentrar mais. Sintam-se livres para comentar e dizer no que concordam e no que discordam.
31

31 comentários:

  1. Oi, Bi! Gostei bastante do nome anterior, Simple Life, mas Não Gosto de Unicórnios é bastante original, um tanto inusitado! Gosto bastante (não de unicórnios, do nome!) hahaha Também não sou o tipo de blogueira looks do dia e coisas da moda. Não tenho mil parcerias, apenas com uma editora que gosto bastante. Apesar de ter arriscado uns vídeos no YT, ainda sou mais do texto. Concordo com as tuas dicas, acho essencial um bom texto e pra mim a chave de tudo é escrever sobre o que gostaria de ler. Sem forçar a barra, sem assuntos que não agradam à própria autora. E o que mais me irrita na blogosfera acho que são comentários genéricos! É uma imensa falta de respeito! Enfim, adorei o post :D Beijão

    www.chezb.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que concorde comigo, Bruna. Acho você uma blogueira incrível mesmo que não seja "padrão".

      Excluir
  2. Pois é! Eu também acho que sou o tipo que nunca vai "crescer" dentro da blogosfera. E sabe o que eu penso disso? To nem aí. Acho que blog é um espaço pessoal, não quero ser uma revista. Eu adoro seu blog e sempre que posso venho participar também. Leio até posts com temas que não me interessam e sempre saio ganhando por conhecer algo diferente. Continue com seu jeitinho que eu amo!
    www.coisasdadebora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saber que você gosta do meu jeito é ótimo, Débora. Não que eu estivesse procurando aprovação, mas sempre é bom saber que o que você faz tem sim um certo reconhecimento.

      Excluir
  3. Gostei das dicas, gostei do post e gostei do tanto que você foi verdadeira. Existe muitas blogueiras iguais por ai, e pra se destacar, precisa ser diferente, e você tem um deferencial que poucas tem e isso é ótimo. Meu blog também é meu orgulho apesar de ser pequenininho! :)
    http://corujasemasas.blogspot.com.br/
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário deixou meu dia um pouquinho melhor, Cris. Obrigada por pensar que eu tenho sim um diferencial.

      Excluir
  4. Olá Minha Linda!
    Fazer porque ama e gosta e o mais gostoso de tudo, é isso é demostrado em cada post e carinho com o blog, adoro o youtube também, ta ai uma forma de se expressar mais abertamente!
    Gostei bastante do seu post, o seu blog é uma graça *--*

    Beijokas da Carol e da Camila :*
    http://www.vamospapear.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Bianca. Eu concordo com muitas coisas que você falou e se você trata o blog assim ótimo, continue assim sabe? Eu também amo o que eu faço e por eu amar ele se tornou o meu trabalho, graças a minha dedicação. Não me vendo, mas ganho pela minha opinião e isso me faz muito feliz. Fico mais feliz ainda por saber que tudo que eu escrevo é 100% verdade.
    Que seu blog continue te trazendo muitas alegrias!! Bjs

    http://www.mayaravieira.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E lendo seu blog dá para nota que é verdade mesmo, sabe? Por isso que seu blog merece todo o sucesso também; porque você se dedica muito.

      Excluir
  6. Tudo ótimo por mim, Bi! Aliás, maravilhoso! Fico MUITO surpresa com a sua maturidade! Maturidade que muita gente MUITO mais velha não tem! Concordo em gênero, número e grau com você, em tudo! E, principalmente em escrever sobre o que a gente gostaria de ler! E, você tem toda razão para ter muito orgulho daqui! Você é uma escritora e uma blogueira e tanto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que está de acordo, porque sua opinião importa para mim.
      Obrigada pelos elogios; seus comentários nos meus textos me deixam imensamente feliz.

      Excluir
  7. Ameii minha linda, desde a história até as dicas, parabéns pelos 3 anos de blog que continue lindo e top!
    Blog da Joanna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Anna. Vou tentar mantê-lo top assim sempre haha

      Excluir
  8. Gostei MUITO da sua história, parabéns pela autenticidade e por não se deixar corromper pelas ideias erradas do que é ser blogueira. Acho que acima de tudo, da visão de sucesso e lucros, tem que estar no coração, porque se a gente encara como um mero trabalho e não algo realmente que a gente faz por prazer e ama, então já tem a tendência de não dar certo ou fracassar.
    Amei as dicas e concordo com tudo, tem gente que não tem limites nessa corrida para "crescer" e acaba passando por cima dos valores e da ética.
    Prefiro ser anônima, mas preservar meus valores.

    www.vodkaescarpin.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei essa sua última frase "prefiro ser anônima, mas preservar meus valores". Também prefiro e acho que é isso que realmente importa.
      Para nós não é um mero trabalho.

      Excluir
  9. Marketing é tudo, isso mesmo, estudar marketing e adm de empresas sempre é válido para o blog ;)

    www.raposalaranja.com.br

    ResponderExcluir
  10. Achei esse post lindo, feito com o coração mesmo, sem contar as ótimas dicas! Super válido... Bjos!!!
    www.armariodemoca.com.br

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo blog e pelo post! Muito sucesso para você, e continue fazendo o que gosta <3

    Beijos, www.bloguntilwedie.com.br

    ResponderExcluir
  12. Você é muito verdadeira quando escreve e senti muito isso! Amei o post e o blog, você merece todo sucesso do mundo ♥
    www.blogdaisa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha conseguido passar isso através desse texto, Isabelle.
      Muito obrigada!

      Excluir
  13. Oi, Bianca! Adorei o post!
    O que mais me irrita é ver que a pessoa não se dedicou a produzir o post. Poxa, as vezes eu levo duas ou tres horas produzindo um post bacana. As vezes 4 horas gravando um video de diy. Eu faço porque eu gosto. Mas fico muito brava quando vejo que a blogueira nem se dignou a produção, quando ela só copiou e colou os releases que recebe ou só jogou um monte de fotos que pegou no google. Ter um blog é se dedicar a ele e ama-lo.
    Beijos, Ana do dia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, isso é muito chato, Ana. Copiar é muito errado mesmo e infelizmente muita gente faz e se safa ainda.

      Excluir
  14. Oii...que máximo você já ter publicado um livro =)
    Teve uma fase que eu escrevi muitos poemas e estão todos guardados, penso em revisá-los e quem sabe ter um livro ....
    Sobre suas dicas concordo com todas.
    beijos.
    Blog GuriasGata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Revise mesmo e pense em publicar, moça. Eu apoio!

      Excluir
  15. Oi Bia! Adorei o post! Quando você começou contando como você entrou na blogosfera eu juro que imaginei você contando tudo em um draw my life kkkk, mas enfim, esse tipo de blogueiro looks do dia e coisas da moda eu acho super chato, e é por isso que eu amo tudo por aqui rsrs, o que eu vejo muito são pessoas quem nem criam blogs por gostar de escrever, de compartilhar coisas por gostar disso, mas apenas pelas parcerias, e pensando na fama, no dinheiro (que eu acredito que provém de muita dedicação e não apenas de jogar o conteúdo e forçar que as coisas aconteçam (na verdade nunca acontecem porque isso não da certo). Daí que vem essas pessoas que acham que esse mundo de blogs se resume apenas em looks do dia e dicas de maquiagem, o que acaba gerando aquelas pessoas (que por ser um menino eu vejo sempre delas comentando coisas como "nossa você é muito caprichosa") que fazem comentários prontos, que não acompanham nem leem o post, apenas esperando uma visita em troca. Mas esse tipo de blogueiro não dura muito tempo na web, porque não têm paciência de esperar as coisas e na maioria das vezes o conteúdo é muito ruim, enfim, ninguém se interessa realmente. Achei lindo o post, parabéns!
    Bj.
    http://umlevecodinome.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Draw My Life é legal, mas eu desenho muito mal pra isso...
      Concordo com tudo que você disse, principalmente sobre os comentários prontos. Aquilo me irrita de uma maneira que nem sei explicar.
      Fico feliz que tenha gostado do post e goste do blog também.

      Excluir
  16. Já tinha lido, mas só agora tive tempo pra comentar direitinho. Não sei se é por isso, mas odeio a palavra blogueira, parece que remete a outra coisa :/ prefiro só dizer que eu tenho um blog. Eu tive muita vergonha de "assumir" meu blog por medo das pessoas ficarem pensando que a minha intenção era ser a-nova miss-blogueira-que-vai-a-todos-eventos, até que desencanei, mas sempre rola umas perguntas inconvenientes tipo "mas eai ta dando certo? dinheiro? etc"... Então compreendo muito o que tu quis dizer. Acho que monetizar o espaço é algo que acontece, se acontecer, bom pra quem escreve! Dinheiro não se nega né? Mas pensar que é só isso é demais.

    Beijão <3

    ResponderExcluir

Image Map