Image Map

Press

Ready? Go! Read: Um mais um

`
Ano: 2015
320 páginas
Editora Intrinseca
Autora Jojo Moyes

   Pequena Miss Sunshine é um filme de quase dez anos atrás e é por isso que eu lembro poucas coisas sobre ele, porém "Um Mais Um" me fez recordar muito da história da pequena menina fora dos padrões que precisa chegar num concurso. 

"Enquanto se encaminhava para a entrada principal atrás dele, Tanzie se perguntou como as pessoas viam a sua família, uma vez que toda conversa que tinham agora parecia terminar com um olhar engraçado e a recomendação: cuidem-se."

   "Um mais um" é sobre Tanzie, uma menina maravilhosa com uma paixão estranha: matemática. Sua mãe, Jess, faz de tudo por ela e por seu irmão Nicky (de quem não é mãe de verdade, mas tudo bem) e, quando a única chance da filha entrar para uma escola particular é participando de uma olimpíada matemática, Jess faz de tudo para que ela tenha sua oportunidade, uma vez que a família está longe de estar financeiramente estável. O problema é que quando ela pegou o carro do seu ex marido e foi parada pela polícia, eles não tiveram muitas opções, visto que o carro a) não tinha os documentos precisos b) estava com o farol quebrado e c) não possuía seguro. Até que Sr. Nicholls apareceu.

"E entendi, enquanto estava no banho... aquela coisa toda de "trate os outros como gostaria de ser tratado". Bem, só funcionava se os outros agirem do mesmo modo. E ninguém age. O mundo está basicamente cheio de gente que não liga a mínima."

   Sr. Nicholls, também conhecido por Ed, parou seu carro caro no acostamento e perguntou o que tinha acontecido. Eles não têm um histórico agradável, aliás; teve ódio à primeira vista e tudo. Tendo de lidar com um processo pesado em sua empresa de software e com seus problemas familiares, ele ajuda ela, mesmo que ela seja só a faxineira ou a moça que trabalha no pub. E é aí que uma nova versão de Pequena Miss Sunshine começa, porém com a adição de um cachorro fedido e maluco, um menino gótico que sofre bullying e um relacionamento que se desenvolve deliciosamente nesse processo.

“Minha mãe sempre nos disse que coisas boas acontecem a pessoas boas. Adivinhe só? Ela não diz mais isso.”

   Eu sou muito suspeita para falar, porque eu amo a Jojo, mas o livro é apaixonante demais. Não somente pelo fato dela ser britânica, mas ela é uma escritora admirável. Os detalhes que ela proporciona mesmo sem ser um livro em primeira pessoa deixam a leitura ainda mais satisfatória. O romance também é de primeira: se desenvolve devagar, com um olhar daqui, um ato de cuidado ali. Em muitas narrativas é isso que sinto falta, sabe? Essa calmaria para lidar com o romance. No entanto ela fez um ótimo trabalho e "Um Mais Um" está de parabéns em todos os quesitos, inclusive nas histórias secundárias.
2

2 comentários:

  1. Eu ainda não tive a oportunidade de ler os livros da Jojo, mas está na lista dos que eu pretendo ler esse ano <3 com as outras resenhas que já li sobre ela, realmente me agradou e com esse não ia ser diferente. Adorei seu ponto de vista, me fez querer ainda mais ler haha

    Beijos
    www.enfim-resolvido.com

    ResponderExcluir
  2. Tenho certeza que você vai adorar ela, porque a Jojo é uma escritora ótima!

    ResponderExcluir

Image Map