Image Map

Press

Porcaria, a pipoca queimou: C.O.G

`

Pra quem gostou de: honestamente, não sei.
Status: estreiou. 
Indicaria: Nunca.

   C.O.G é um filme estadunidense que estreou no ano passado, e tem a história baseada em um texto do livro "Naked" de David Sedaris. No longa, David, que decide sair de sua vida comum, vai para uma pequena cidade onde, inicialmente, trabalha colhendo maçãs. Depois ele passa para uma fábrica de maçãs e devido a uma situação ruim, tem de sair de lá e, então, recorre à Jon, um cristão ex-bêbado que perdeu a perna na guerra e produz relógios feitos a partir de pedras. 
   Não há muito o que se dizer da história, sendo que Samuel, o nome que David preferiu que o chamassem, vai de um canto a outro, à mercê de uma alma caridosa que o ajude, sendo que seu primeiro "amigo" quis tirar vantagem dele. De uma forma nada agradável. Minhas expectativas para o filme eram enormes, uma vez que C.O.G era uma sigla para "Cildren Of God", ou seja, Filhos De Deus, mas quando notei que o tempo estava se esgotando, eu soube do desperdício de tempo. 
   Esse longa faz com que a visão das pessoas nos cristãos seja a pior possível e, por mais que mostre os reais perigos de sair sozinho, as pontas soltas e o exagero com a maldade fez com que fosse cansativo e irritante. Sendo bem honesta, a única coisa que sinto é desprezo depois de ter perdido oitenta minutos da minha vida notando que a única coisa que a mídia tenta representar é que as pessoas que acreditam em Cristo são loucas e que muitas delas são falsas. Não entendo como essa história pode ter tido a maioria das críticas positivas, e isso nem é muito pelo fato de eu acreditar em Deus, e sim por uma questão de que esse filme não acrescentou em nada na minha vida. 
   Por outro lado, Jonathan Groff teve uma ótima performance, mesmo que eu desejasse que ele interpretasse outras personalidades na ficção. Ele é um ator convincente e que faz com que você sinta as emoções dele, mas acho que se ele escolher seus personagens que tenham somente a mesma opção sexual que ele, estará limitando sua área de atuação. 
   C.O.G tinha tudo para ser um bom filme, mas minha nota vai ficar negativa para ele.
0

0 comentários:

Postar um comentário

Image Map