Image Map

Press

Esquece as aspas: Governo

`
   Obrigada pelas esperanças despedaçadas, juntas com aquelas mães desesperadas, que estão atiradas ao chão, chorando pelo filho que morreu, pelo descaso da saúde. Obrigada pelas guerras que tivemos de lutar sozinhos, porque foi importante ver que vocês estavam se divertindo em alguma praia espetacular, de alguma parte afastada da nossa realidade. Obrigada pelos rappers, pelas revoluções, por todo esse sentimento de nojo que preenche o ser humano, sabendo que vocês não fazem nada. 
   Alimentam rotinas de mentiras, preenchem páginas e páginas de uma Constituição hipócrita, onde "todos somos iguais" e é proibido roubar. E os sonhos que vocês roubaram, porque a vida foi jogada em um canto, esperando pela sorte de dados, sem hospitais, sem escolas, sem compaixão um pelo outro? E os sorrisos inexistentes, por um país caótico, onde os responsáveis são mais individualistas que... eu não sei quem seria mais individualista que vocês, caros representantes da minha pátria amada, pois eu consigo ver crianças, CRIANÇAS, dividindo seus lanches, por mais simples que sejam, com outros pequeninos, sendo que eles não tem devem algum. Não sentem vergonha? Não se sentem mal, por dizerem como uma nação deve viver, porém que, é só virar a cara, e essa moral, que vocês dizem ter, se vai com o vento? 
   Obrigada por nada, hipocrisia de terno, e só lembrando que como agora não existe nada a perder, então não há nada pelo qual pagar, todo mês, pelo qual tomar de exemplo, pelo qual se orgulhar. Obrigada, principalmente, pelas vezes que vocês disseram "não faça barulho", porque isso só alimentou o que eu estou chamando de "não é mais conformismo". Obrigada por seus princípios, e por nos representar tão bem.
   Parabéns, país que está em octogésimo oitavo lugar, no ranking da educação.
   Parabéns.
0

0 comentários:

Postar um comentário

Image Map