Image Map

Press

Let's Change!

`

   Eu não fui nos protestos, não sei quem foi, não sei quem morreu e não faço a menor ideia se vai ou não mudar alguma coisa; porém eu espero que sim! Eu espero que sim porque milhares de crianças tiveram de morrer para que notassem o quão ruim é a saúde pública, teve de ser criado mais de trinta mil documentários mostrando a decadência da educação para que considerassem que, talvez, a educação realmente não fosse a melhor, e claro, com a má qualidade, houve diversos erros pelos profissionais. Acho que muitos cresceram acreditando que com dinheiro tudo se resolve! Tiveram que partir para a violência para manter um pensamento: pagamos dez mil de impostos por ano - chutando baixo esse valor, porque né, todo santo produto que compramos, mais da metade é imposto - e não há a mínima decência por parte de nossos representantes. Eu não apoio quem vaiou a Dilma, mas não discordo também; quer dizer que, por sermos país da copa, devemos não envergonhá-la na frente do resto do mundo? Pois ela que pensasse nisso quando se candidatou e fez promessas. Eu sei, eu sei, não é fácil controlar um país inteiro, sempre haverá pontos ruins, mas e os bons? Eu estou para dizer que posso contar as coisas realmente boas nos dedos... não me refiro a Bolsa Família, cotas nas universidades, e mais outras "contribuições" do governo para pessoas menos favorecidas; ajudar na educação, para que cada um obtenha conhecimento, aprenda a ser responsável, e todas essas outras coisas, o governo faz questão de evitar. 
   Não é sobre vinte centavos, é sobre as porcarias que estão ensinando nas escolas; quer dizer, pelas poucas aulas que já existem. É sobre as pessoas que já morreram na fila, esperando para serem salvas; é sobre eu e você, que, querendo ou não, pagamos muito por um governo que não faz nada por nós... é sobre isso que as pessoas estão na rua, e é sobre isso que eu estou ansiosa para saber o desfecho.
   Não é ser hipócrita de dizer que estou orgulhosa de termos, enfim, a coragem para mudar as coisas; é esperar por um Brasil melhor para que, ao contrario de mim, meus filhos tenham um país bom e que dê orgulho a eles! E, talvez, quando falarem sobre Brasil, uma geração futura não vai pensar imediatamente em "samba", "futebol", "mulher pelada", "churrasco", talvez eles perguntem "aquele país que fez revolução, no inicio por vinte centavos da passagem do onibus, e no final, mudou tudo?"
2

2 comentários:

  1. Tem meu apoio total. O problema é que só vamos mudar se o Brasil parar, um dia sem fazer nada, sem pagar imposto. É isso que precisamos fazer. Parar esse gigante, afinal, somos da geração coca cola, somos a geração que vamos mudar o mundo. Que país é o nosso que fica roubando? Que uma pessoa ganha 680 reais por mês e paga 3 reais de passagem para ônibus? Que país é esse que não tem estrutura nenhuma e que vai ter uma copa e uma olimpíada? Ao invés de investir bilhões nisso, porque não investir na educação e na saúde do país? Temos que lutar pelos nossos direitos, lutar pelo que sempre foi nosso.
    invasao-de-pandas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É esse senso de justiça que precisávamos, mas que, agora, parece que evaporou. Triste realidade, realmente.

      Excluir

Image Map