Image Map

Press

L

`
   Eu sou a mais nova, e , por diversas vezes, me perguntei o que havia de especial pra que alguém tão especial assim pudesse me amar. Eu, então, chorei por noites e noites me perguntando o quê de fato estava fazendo ela permanecer ao meu lado. 
   Minha pequena, eu não sei como foi que eu comecei a merecer o amor de alguém assim, que me procurava nos momentos difíceis e que você talvez não desconfia, mas era nas situações que você mostrava a mim, a simples romântica da escola, que eu queria chorar. Eu tinha vontade de gritar a todos que alguém confiava em mim de tal forma, que eu queria chorar por isso ser possível. E por diversas vezes, L, eu chorei! Eu chorei mesmo, e não foi pouco. Chorei pelas suas burrices, que disfarçavam uma menina incrível e inteligente, - "cabaritadora" de provas de matemática - uma pessoa que tem medo do amor, mas que quando ama, é assim; ama deixando marcas. Boas marcas, se quer saber.
   Você não chora facilmente, minha pequena princesa particular, mas eu espero que quando eu estiver indo, você chore. Eu gosto de saber que você pensa em mim. Eu gosto das suas besteiras ditas pela manhã, e gosto ainda mais quando você me pergunta se o teu cabelo está com gominhos; eu nunca tinha ouvido isso antes. Eu gosto do seu jeito de amar balas de goma, e das meias bonitas que você usa. Eu gosto da ideia de ter que odiar outro alguém só porque você a odeia. É engraçado isso, e eu adoro a sua cara de estressada também. Poderia dizer que gosto do seu olhar de criança, que me deixa com medo, porque eu não gosto de expor as pessoas que eu amo, mas com você é inevitável. 
   Eu sou uma mera escritora desconhecida, que conheceu o amor de fato a pouco tempo. Que entendeu como é depender de uma amizade com você. E eu tenho medo que isso termine a tempo de eu não conseguir escrever sobre tudo. Sobre todos os sorrisos e as idiotices. Então eu vou dizer rápido, antes que o meu tempo acabe.
   Mas leve a sério; eu não brincaria com tal confissão.
   Eu te amo.
   E dependo de você pra sorrir todos os dias, e me perdoe pelo mau humor. Eu sei que você consegue aguentar alguns dias, mas se caso, algum momento, você sentir que não dá mais, me diga. Na hora exata eu terei de reservar papeis o suficiente para escrever tudo que eu não consegui dizer. 
   Talvez, então, eu seja presa por acabar com muitas arvores para fazer papel. Me dê tempo para mostrar os poucos que eu estou aqui para te amar, ser amada e pra mostrar que não é necessário agradecimentos por ser sua amiga.

0

0 comentários:

Postar um comentário

Image Map