Image Map

Press

Acabou.

`
   Eu não conhecia o garoto que derrubou o segurança para tentar abrir a porta e tentar escapar da morte. Eu não conhecia a menina que simplesmente jogou os sapatos de salto em um canto e correu para onde todos estavam indo, na esperança de ver o céu escuro e seguro do lado de fora da boate Eu não conhecia a banda, que por mais que não soubessem das consequências, matou mais de duzentos e quarenta pessoas, mas nesse momento, a única coisa que me resta conhecer é um Brasil que não sabe dizer o quanto sente muito por não ter mais saídas disponíveis naquele lugar, é uma mãe, que chora desesperada porque o filho não vai mais voltar pra casa, é um irmão, que não acredita que o possível "herói" dele está morto. 
   Todo mundo morreu um pouquinho ao ouvir no noticiário que tantas vidas, tantas almas novas se foram sem realizar seus sonhos, sem alcançar suas expectativas, sem um adeus digno. Ninguém sabe se abraça os pais, se acalma as crianças ou as deixa chorar, se fica revoltado com as falhas enormes, que custaram vidas, ou se tenta viver como se nada tivesse acontecido, como se não se importasse. E tudo isso me dói. Dói saber que poderia ter sido com alguém próximo, que eu amasse, alguém que me fizesse sorrir todo dia, porque querendo ou não, o motivo de alguém ser feliz não está mais entre nós. 
   Não há mais nada o que fazer. Os corpos já estão no legista, as lágrimas já rolaram, a respiração já foi sessada, e os "eu te amo" já não foram ditos. Para nós, os vivos, resta tirar uma lição disso: viver. É tão clichê dizer que é pra se viver o agora, sem esperar o amanhã quando o trabalho nos ocupa todo dia, quando não nos importamos mais com o que fazer para o jantar, quando um abraço e um beijo são trocados somente em momentos ultra especiais, porém eu só peço que procurem não ter arrependimentos ou coisas pendentes na vida. Se é para fazer, que faça hoje, não espere o depois, porque como aprendemos com a tragédia na boate em Santa Maria, o amanhã pode não chegar, não é mesmo?
4

4 comentários:

  1. Amei, parece que eu me vi escrevendo isso. Tá muito bom, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto.. E realmente temos que viver o hoje, sem arrependimentos, sem deixar nada pra lá, sem medo de dizer o quanto ama as pessoas próximas a ti. Mas agora esses anjos que morreram nessa tragédia brilharão no céu, festejarão em um lugar muito melhor que aqui, junto à Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, só nos resta orar pelas famílias e pedir força a Deus mesmo, estamos todos arrasados com a tragédia. BG.

      Excluir

Image Map